quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Fartos de esperar pelo Internet Explorer ? - Experimentem o Google Chrome



A Google lançou ontem o seu browser para aceder a sites na internet.

Eu já usava o Firefox por ser muito mais rápido que o internet explorer.
Experimentei a nova criação da Google : O navegador Google Chrome. É fantástico. Nota-se mesmo a diferença.
Não é milagre nenhum. Tem uma série de inovações técnicas (descansem que não vou maçar-vos com uma explicação) que justificam não só o excelente desempenho mas também algumas características que passo a enumerar:
  • Cada separador funciona de forma autónoma. Desta forma podemos navegar com vários separadores mas sem medo que um erro num deles estrague todas as páginas que temos nas outras. Quando uma página "estoura" é só naquele separador. Os outros continuam a funcionar.
  • Os separadores podem ser "arrastados" para fora do "browser" tornando-se outra janela externa. Se o separador for "arrastado" para outra janela do Chrome fica adicionado como separador da janela onde é "largado".
  • A barra de endereço (onde se digita o endereço da página) faz pesquisa automática à medida que se digitam as palavras. A pesquisa pode depois incidir sobre o motor de pesquisa preferido (google por omissão) ou sobre o histórico de páginas que já percorremos.
  • Quando se abre um novo separador vazio é apresentado o "ranking" de páginas que mais visitámos e pesquisas por nós realizadas.
  • Possibilidade de navegar num separador sem que o histórico de visitas fique registado (apenas nesse acesso).
  • O Google Gears já vem incluído o que faz com que aplicações como o MySpace que guardam informação localmente funcionem imediatamente sem necessidade de instalar mais uma peça de software adicional.
  • Faz uma pesquisa automática numa lista de sites potencialmente perigosos (mantida pela google) e quando a eles tentarmos aceder somos imediatamente avisados.

O interface parece algo pobre, mas após várias horas de utilização dei comigo a pensar que para aceder à web não preciso de mais.
A excelente qualidade desta versão experimental é outra surpresa. Também tem explicação : Usaram os milhares de computadores que têm e as listas de sites mais acedidos para testar automaticamente cada versão milhares de vezes.

Também fiquei contente por ver que a tradução para Português Europeu foi contemplada logo na versão experimental. Não temos de "levar" com a versão Brasileira durante meses (como faz a microsoft).
Existe por enquanto apenas disponível para windows, mas parece que as versões para linux estão a caminho, o que abre a possibilidade de vir a fazer parte de inúmeros sistemas embebidos como "media-centers" e "set top boxes" que por aí andam. Ainda não percebi se estão ou não a tentar que venha a funcionar em telemóveis.

Finalmente é de realçar que se trata de uma aplicação disponibilizada em "open source". Desta forma, para além de ninguém ficar "agarrado" ao produto da Google, a concorrência pode ir "espreitar" e também inovar.

Podem fazer o "download" aqui.

Quem quiser saber um bocadinho mais pode sempre ver esta excelente BD que eles criaram.

Experimentem. Vale mesmo a pena.